Benvindos! Em conformidade com a minha reeducação alimentar, decidi criar um blog onde vou colocando receitas, à medida que as vou experimentando, e algumas já antigas. Estão todos convidados a juntar os vossos manjares habituais ( de preferencia light) a este cantinho!

quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

Frango assado




Olá!
Outro nosso amigo light é o franguinho!!! Mas atenção, só o frango, a galinha já tem muito mais gorduras!
Lembrei-me de postar acerca do dito porque é o tenho para o almoço, não daqueles q compramos nas churrascarias, embora às vezes, numa hora de aperto, dão jeito, esses têm muitos molhos e acabam por ter muita gordura; mas sim dos confeccionados em casa!
Ora bem, de acordo com a origem do frango, o tratamento é diferente!
Como os meus pais vivem no campo, têm criação de alguns animais, somente para uso de casa, ou melhor, de 3 ou 4 casas...porque já abastecem, além da deles, a minha, a do meu mano, e ainda repartem muitas vezes por outros membros da familia. Assim, tenho muitas vezes frango caseiro, daquele optimo, mas também bastante mais gordo, por isso tenho q o fazer de outra forma...

O caseiro, antes de assar, cozo em água e sal, durante algum tempo, assim deixa na água, grande parte da gordura. Antes, dessa água fazia canja, e é a melhor que há no mundo, digo-vos já, mas agora não posso, por mais q me custe, vai mesmo pela pia abaixo...
depois de bem cozido, tiro-lhe a pele e vai ao forno num tabuleiro, onde tempero com 1 limão, se for um frango inteiro, enfio o limão penso q sabem onde...se for metade, corto aos quartos e disponho no tabuleiro, um raminho de salsa e um alho picado. levo ao forno coberto com papale de aluminio, como faço em todos os assado, e só o tiro mesmo na fase final, para alourar.

Se, por outro lado, o frango não for caseiro, já não faço a cozedura prévia, o o que faço é tirar-lhe a pele e temperar como o outro!
Fica muito bom, qualquer um deles, embora prefira o caseiro, mas claro que sei que é menos indicado! São confecionados sem qualquer aditivo de gordura, e ainda lhe retiro as gorduras visiveis, pleo que o aporte calórico também é pouco...

Seguramnete que não vos ensinei nada de novo, apenas a forma como em minha casa se faz o frango assado! Aprendi da minh mãe e ela da minha avõ, pelo que, esta verão já tem uns anitos...
beijinhos a todas

P.S. Se alguém me poder dar umas ditas de como fazer polvo cozido, agradecia, descobri há pouco que até gosto e que também é aconselhado num regime hipocalórico...



Nota: a foto não é minha, o meu fica sem pele...

6 comentários:

Miss Slim disse...

Linda, polvo cozido não tem nada que saber, mas eu aprendi c/ a minha mamã a fazer um polvo no assado no forno que é ESPECTACULAR.
Se quiseres posso enviar-te as receitas via email.
Quanto ao franguinho eu faço um parecido bem light só que não é caseiro, não tenho esse previlegio, mas fica super bom também.
Kiss

ximiusa disse...

e prontos la s transforma um galo num principe!
eu odeio o frango caseiro é tao rijo! mas em compensaçao adoro o "de plastico" e o pior é k tb curto mto a pele

turbolenta disse...

Não há dúvida que criação caseira é outra coisa.O sabor e a textura não tem nada a ver com os de aviário.
Quanto ao polvo- só cozido é muito fácil.
Para ficar macio tem de ser congelado primeiro(mesmo que se compre fresco,deve ir ao congelador de um dia para o outro).
Se o comprares fresco,pegas nele pela bolsa e , em água corrente passas bem a mão pelas ventosas,apertando bem para sair aquele muco e também já saem algumas peles das arroxeadas.Antes tens de o limpar ,claro.
Para cozer pões a panela ao lume,com cebola,alho,sal e azeite(se gostares 1 folha de louro).Deixas ferver.Quando a água estiver a ferver,passas o polvo por água quente(do esquentador),de modo a que o polvo ao entrar na panela ,a água não deixe de ferver.Eu cozo-o inteiro apenas entre 45 a 55 m ,conforme o tamanho.(SE cozer muito tempo, fica sempre duro)Depois escorro-o e então já é mais fácil de partir.Se quiseres então partes fininho:alho,cebola e juntas azeite ,vinagre e salsa ou coentros. Geralmente acompanha-se com batata cozida.
Mas eu gosto muito de arroz de polvo.
Uma amiga minha costuma cozê-lo só num copo de vinho branco, só depois de cozido o tempera .(ela diz que fica super macio.Eu nunca experimentei)
Mas há imensas maneiras de o cozinhar,mas só cozido, em vez de refogar,assar,ou fritar, eu acho que o sabor fica mais acentuado.
bjs

emlinha disse...

a minha mãe tb me dá franguinho caseiro, é uma maravilha ! jocas

Claudiacva disse...

Nunca fiz polvo cozido, mas num Natal a minha mãe cozeu o Polvo com o sal de início e aquilo correu mal. A minha sogra diz que só devemos colocar o sal no fim e se for necessário, para não acontecer o mesmo que aconteceu com a minha mãe.
Bjs

oquefazerprojantar??? disse...

já houve muitas sugestões para o polvo cozido, mas mesmo assim, deixo a minha. Está publicada em http://oquefazerprojantar.blogspot.com/2005/10/polvo-sem-segredos.html

É só conferir!!

Quem sou eu

Minha foto
Algumas experiências vividas e muitos quilos perdidos! ...e uma vontade imensa de continuar com as primeiras... e de não voltar aos segundos!